Buscar
  • amppespadm

Grandes desafios irão marcar o início da gestão 2021/2024

A Amppesp (Associação de Municípios de Pequeno Porte do Estado de São Paulo) realizou

no dia 10 de dezembro um ciclo de palestras para reunir os gestores municipais, eleitos e

reeleitos, para discutir desafios e a importância de uma estratégia para que as cidades com

até 50 mil habitantes possam garantir o melhor desempenho para a população. “A Amppesp

foi criada em 1989 e reativada em 2017. Sua função primordial é agregar municípios de

pequeno porte para que possam discutir, conjuntamente, os problemas da nossa sociedade.

Unindo os pequenos, para que se tornem grandes, já que geralmente temos um corpo

técnico mais enxuto do que os municípios maiores”, explicou Adinan Ortolan, prefeito de

Cordeirópolis e membro da Amppesp, durante a abertura do evento.

Ao somarmos forças, conseguimos resolver problemas que são comuns entre os municípios

e garantimos representatividade para reivindicarmos recursos e melhorias junto aos

governos estadual e federal. Sendo assim, precisamos lembrar que 2021 será um ano muito

delicado e importante para todos que estão a frente da administração municipal,

principalmente devido à já esperada segunda onda do Covid-19. “De um lado temos um

aumento muito significativo de casos, que provavelmente devem superar o pico da primeira

onda. De outro lado, a população já cansada do isolamento e querendo reativar os seus

relacionamentos e ainda sob outra ótica, temos que considerar parte da população sedenta

pela vacina, que ainda aguarda sua liberação para uso e que vai demandar organização e

infraestrutura para que chegue a todos os cidadãos”, destacou Ortolan.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo